MENU

Letra da Música

Correntes - Nabrisa feat. Luanna


Original
Traducción al Español
English Translation
Marinero - Maluma
Youth - Shawn Mendes feat. Khalid
Única - Ozuna
Top 1 Brasil: Olha a Explosão Remix - Kevinho
My Life Is Going on - La Casa De Papel
เร็ว วงzoom - เนื้อเพลง
甘えちゃってSorry - AYA a.k.a. PANDA
Hunger - Florence + The Machine
Setz dich - Kontra K
Top Viral - Dame Tu Cosita - El Chombo
ПАЦАНСКИЙ ФЛЕКС - СЛАВА КПСС
Piso - Bhavi ft. Ecko
Ashes - Céline Dion

Correntes - Nabrisa feat. Luanna | Letra da Música

Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

É preciso a tempestade
Para lavar, pra levar o que sempre agarra
Leve, tudo que passou
Me livra desse cara
Que me trocou numa carreira de coca
Me usou de escada
Baby, agora chora
Porquê não perdi nada
Quem é você na fila do pão?
Um lariqueiro



Quem sou eu na fila do pão?
A filha do padeiro
Então se cala, cara, rala com essas mina pra lá
Tudo vazia, puta fria
Que nunca faria o que eu fiz pra te levantar
Só cuidado pra elas não te dá perdido, e mano vim aqui me dar
Quem você acha que é? Quem cê acha que destrói
Se ama cê te mata
Você mesmo que constrói
O coração sempre dói
Uma hora perde o medo

Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro



Eu já errei pra caralho e até hoje me arrependo
Mas pessoas do seu lado certamente fui
Sia, mas o Deus que sirvo cria
É pra ele não dá Cia
Eu já fui muito poeta
Eu tenho um bom coração
Juro que tu cê tá perdoado
Mas fica um pouquinho no chão
Hoje sou mais profeta
Deixa ele na minha mão
E pode ficar tranquilo, que chorar não mata não
Essa é pra você saber quem manda nessa porra aqui
Humildade prevalece, idolatrados vão cair
Quem vai ganhar esse jogo, não é quem sabe bater
Pois pra viver a nossa vida, tem que aguentar apanhar
Deus é justo, e nunca falha
E nada nós faltará
A vida, vai te botar no teu lugar
Vai, eh
Vai te botar no teu lugar



Eya, saia da janela já e encare o outro lado da moeda
Saia dessa maldita caverna
Entendemos que a vida é ainda tão bela
São anos a frente
É tão diferente, mas vão pra ficar
Na próxima saída
Tentarei seguir a frente
Mas já que não parece levar
Eu sou sua luz
E você minha brisa
Quem quera ser livre?
Eu quis deixar de ser medíocre
Com meus belos tons de cinza
Na próxima esquina, eu vou te encontrar
Vai ver meu olho brilhar
Quando se despedir, vou deixar pra lá
Vou deixar pra lá




Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

Não quero abraço, não quero colo
Quero meu bonde
Quero ficar só
Estrada tão longe, não quero ouvir agora
Tô saindo fora
Eu tô saindo fora
Dessa porra aí



[Saída: NaBrisa]
Cê pra você saber
Quem manda nessa porra aqui
É nois, é nois
E ninguém vai apagar nossa luz
Ninguém


Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro



Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

É preciso a tempestade
Para lavar, pra levar o que sempre agarra
Leve, tudo que passou
Me livra desse cara
Que me trocou numa carreira de coca
Me usou de escada
Baby, agora chora
Porquê não perdi nada
Quem é você na fila do pão?
Um lariqueiro



Quem sou eu na fila do pão?
A filha do padeiro
Então se cala, cara, rala com essas mina pra lá
Tudo vazia, puta fria
Que nunca faria o que eu fiz pra te levantar
Só cuidado pra elas não te dá perdido, e mano vim aqui me dar
Quem você acha que é? Quem cê acha que destrói
Se ama cê te mata
Você mesmo que constrói
O coração sempre dói
Uma hora perde o medo

Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro



Eu já errei pra caralho e até hoje me arrependo
Mas pessoas do seu lado certamente fui
Sia, mas o Deus que sirvo cria
É pra ele não dá Cia
Eu já fui muito poeta
Eu tenho um bom coração
Juro que tu cê tá perdoado
Mas fica um pouquinho no chão
Hoje sou mais profeta
Deixa ele na minha mão
E pode ficar tranquilo, que chorar não mata não
Essa é pra você saber quem manda nessa porra aqui
Humildade prevalece, idolatrados vão cair
Quem vai ganhar esse jogo, não é quem sabe bater
Pois pra viver a nossa vida, tem que aguentar apanhar
Deus é justo, e nunca falha
E nada nós faltará
A vida, vai te botar no teu lugar
Vai, eh
Vai te botar no teu lugar



Eya, saia da janela já e encare o outro lado da moeda
Saia dessa maldita caverna
Entendemos que a vida é ainda tão bela
São anos a frente
É tão diferente, mas vão pra ficar
Na próxima saída
Tentarei seguir a frente
Mas já que não parece levar
Eu sou sua luz
E você minha brisa
Quem quera ser livre?
Eu quis deixar de ser medíocre
Com meus belos tons de cinza
Na próxima esquina, eu vou te encontrar
Vai ver meu olho brilhar
Quando se despedir, vou deixar pra lá
Vou deixar pra lá




Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

Não quero abraço, não quero colo
Quero meu bonde
Quero ficar só
Estrada tão longe, não quero ouvir agora
Tô saindo fora
Eu tô saindo fora
Dessa porra aí



[Saída: NaBrisa]
Cê pra você saber
Quem manda nessa porra aqui
É nois, é nois
E ninguém vai apagar nossa luz
Ninguém


Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro

Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro



Olha minhas correntes,
cuidado com o que vejo
Copia meus looks
também o meu cabelo,
curto o rap o ano inteiro


Mais de sanderlei.com.br

Música - Song
Em alta - Trends - Hot Videos
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard hot 100, música brasileira e muito mais.

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira

Blogs
Blogs by Sanderlei
Letras , Lyrics , Poesia , Economia , História e Geografia de Santa Catarina , São Paulo , Paraná e Mato Grosso do Sul.