MENU

Letra da Música

ESPORTE FINO - A BANCA RECORDS

Conquistando tudo que tá ao meu alcance (meu alcance)
E se não tá eu chego
Derrubando tudo pique avalanche
Suportando o mundo nas costas mas não pede arrego (nunca)

Clandestino - Shakira & Maluma
Reborn - Kanye West & Kid Cudi
JOGO DO AMOR - MC BRUNINHO
CIKA CIKA - Ardian Bujupi
甘えちゃってSorry - AYA a.k.a. PANDA
Şehrin Yolu - Feride Hilal Akın
Каждый раз - ​монеточка
ซังได้ซังแล้ว - ต่าย อรทัย
Dimelo - Paulo Londra
EVA - Cleo feat. Mesajah
Mostra tua força, Brasil #issomudaojogo
Strangerea dovezilor - Dani Mocanu

ESPORTE FINO - A BANCA RECORDS - L7nnon - Miatã - Da Paz - Yannick - Káli - Black - Letra da Música

[Verso 1: L7nnon]
Han
Conquistando tudo que tá ao meu alcance (meu alcance)
E se não tá eu chego
Derrubando tudo pique avalanche
Suportando o mundo nas costas mas não pede arrego (nunca)
Eu sou do Rio de Janeiro
Acostumado com a dificuldade
Fazer dinheiro, fazendo rap
Han, raridade
Agora cê quer vim dizer que eu to vendido (faça me o favor, né)
Pra mim cês tão vendado
Fala que tem mais dinheiro que o Vin Diesel (haha)
Sinceramente eu num lembro de ter perguntado
E o que eu faço de freestyle, eu não decoro
A impureza sai pelos poros
Tu enche a boca pra falar de status (tá vendo)
Sinceramente isso não enche meus olhos
To preocupado com minha grana, minha dama
Você com a grama, do vizinho
Quem se mistura com porco farelo come
Se quem ta junto tá na mancada, tô sozinho



[Verso 2: Miatã]
Minha voz provavelmente o fará
Queimar das cinzas
Mas é daí que você renasce
É na dor que a força aparece
Tipo nave como se voasse
Enterprise
Gata, aluguei um carro com teto solar
Só de onda (ay, ay, ay)
Só de onda (ay, ay, ay)
É que os lobos são assim
Uns vão pra lua e tem uma penca de pulga atras da orelha
Nós bota a cara e não se faz de ovelha
Sem fábulas
O berço esplêndido é pra poucos
Pra nós sobra apenas tapetes de cápsulas
Verso original, falso é só teu Casio (skrr)
Pondo a alma em cada linha pra poder comprar um palácio
Duas passagem pra Grécia
Então pisa macio que meu patrocínio é dos céus
Então reclama com o sócio



[Verso 3: DaPaz]
Menor, a pista ta salgada
Se for preciso eu mato a sede com água do mar
Deu nó, menor
Navego a mil por hora
Daqui de cima assistindo você se afogar
Teu hype é uma mulher ingrata
Que te beija, te abraça, te rouba e te mata
E no final ninguém vai se importar contigo
A mídia suja te confunde com medo que mude
Tu passe a enxergar quem é o real inimigo (yeah)
Eu avisei que eu não repetia o flow, né
E conquisto respeito por todo lugar que eu passo
Rap game hoje sabe quem eu sou, zé
E se esse jogo é rei da mesa, o controle eu não passo




[Verso 4: Dioclin]
Esporte fino, classe
[?]
Ela não para de me olhar
Fato que essas quer pica
Eu, debochadão pique Zagallo, tem que me aturar
Deve ser ruim pra tu ficar só vendo nós lucrar (foi mal aí)
Fechei com A Banca, cês no máximo fecham com a branca
Eu vou deixar minha preta toda de Dolce Gabbana (aff)
Cê lembra que o Black disse dos preto bacana
Nós nunca mais vai aturar seu papo preconceituoso (não, não)
Vocês na cena tão meio despretensioso (não tem como)
Nós tem objetivo, nós é ambicioso (aham)
Ganhando bem mais do que nós sonhou (aham, aham)
Essa vai dedicada pra quem desacreditou



[Pré-Refrão: Káli]
Do pico mais alto da cidade
Falsos aliados torcem pra eu cair
As máscaras caem ao passar do tempo
Então me ajude tempo

[Refrão: Káli]
Minha fé é um colete á prova de más intenções
Alma adoeceu e eu me curei com essas canções
Seus maus olhares não tiraram o foco da glória, yeah
O foco da glória



[Verso 5: Black]
Ahh
Merma mão que me afaga é que me afoga
O que te levanta, (sniff) te afunda
E nada mudou, eu
Conheço aquele vapor
Que vai pôr droga pra vender do sol nascer até ele se pôr
Vamo se impor
Eu vim te tirar disso
Eu tô ganhando com o rap, irmão
E você vem comigo (vem comigo)
Os menor que ouve que se inspira em nós
Cuidado com o que você passa no som
Isso não é sermão, é ser irmão
Amplia a visão, ha
Esporte fino ela não para de me olhar
Eu quero dar o mundo pra ela e o mundo ela quer me dar, chefe
Debochadão pique Dioclin
Com os versos pesados igual Mazin
Nos dois sentidos, hé
Refrão chiclete, rapidin' perde o gosto
Eu sigo sequencia de punch pra guardar alguns no bolso, é
Pra guardar algum no bolso e fé (fé, fé, fé)
Consegui fugir desse mundo louco e hé



[Pré-Refrão: Káli]
Do pico mais alto da cidade
Falsos aliados torcem pra eu cair
As máscaras caem ao passar do tempo
Então me ajude tempo

[Refrão: Káli]
Minha fé é um colete á prova de más intenções
Alma adoeceu e eu me curei com essas canções
Seus maus olhares não tiraram o foco da glória, yeah
O foco da glória




Mais de sanderlei.com.br

Música - Song
Em alta - Trends - Hot Videos
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard Hot 100 e músicas de mais de 100 países em 43 diferentes línguas.

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira